Como renovar um móvel antigo? 

A

Memórias renovadas

Móveis de família, repletos de memórias afetivas carregam uma valor emocional inestimável. Mas nem sempre aquela peça linda que era da avó combina com a decoração da casa. No entanto, uma simples renovação da cor pode ser a solução perfeita para integrá-la aos novos tempos.

Os móveis antigos tem história e o charme do design vintage. Além, é claro, de trazer junto com eles muitas histórias, tornando vivas lembranças e pessoas do passado. Feitos para "durar uma vida inteira", geralmente acabam ultrapassando gerações, graças ao excelente material com que foram fabricados.

Quem tem a preocupação com a integração do móvel aos novos tempos pode, por meio de reformas simples, fazer um "update" nestas peças de tão grande valor sentimental e mantê-las em harmonia com os outros móveis e a decoração contemporânea da casa.
Confira nos passos abaixo como é simples essa renovação, e faça você mesmo !

Passo 1 - comece pela escolha da cor:

A escolha da cor deve levar em conta o estilo e as cores de móveis e objetos que compõem o ambiente.

Para decorações mais clássicas e com tonalidades neutras, o móvel pode ganhar tons que acompanhem a mesma paleta. Deve-se levar em conta o tamanho do móvel para escolha de tons claros (que suavizam) ou escuros (contrapesos) como também a intenção de camuflá-lo ou destacá-lo no espaço.

No móvel abaixo, escolhemos a elegância da Pepita de Bismuto que traz suavidade ao ambiente, unindo-se a neutralidade do Chão Batido.. Uma combinação com um toque retrô e muito charme.



Se o estilo do ambiente for mais descontraído e com pitadas de cores vibrantes, a dica é destacar o móvel com uma cor neutra. A escolha desta cor pode ser uma variação de algum elemento já existente no próprio espaço e pode estar até mesmo contido em alguma estampa de almofada, tapete ou até mesmo num quadro. Na decoração proposta abaixo, a descontraída e vibrante Cereja se contrapõe com a neutralidade da cor Metal contida na estampa do abajur e no quadro.



Passo 2: etapas da pintura:

1. Escolha da tinta: o tipo de tinta adequada para madeiras e metais é o Esmalte e você pode optar por duas versões: Esmalte Suvinil Seca Rápido (base água) ou Esmalte Suvinil Cor e Proteção (base solvente).

2. Escolha do acabamento:
- acetinado: toque aveludado e requintado, brilho suave e alta resistência a limpeza;
- brilhante: toque liso e alto brilho, altíssima resistência a limpeza
- fosco: sensação de toque seco, ajuda a disfarçar imperfeições e irregularidades da superfície como também permite retoques pontuais, sem a necessidade de pintar a superfície inteira.

3. Preparação: forre o chão com jornal ou uma lona para não sujar. No caso do Esmalte base água, tenha em mãos um pano úmido, caso respingue fora do forro você conseguirá limpar facilmente. Para a tinta base solvente use aguarrás.

4. Pré-pintura: lixe levemente a superfície da madeira até eliminar o brilho, limpe o pó com um pano úmido e espere secar.

5. Pintura:
Esmalte Suvinil Seca Rápido:
- Dilua em 10 % de água o Fundo Suvinil Seca Rápido e aplique uma ou duas demãos com intervalo de 4 horas entre elas.
- Dilua em 10 % de água o Esmalte Suvinil Seca Rápido na cor desejada e aplique uma ou duas demãos com intervalo de 4 horas entre elas.

Esmalte Suvinil Cor e Proteção:
- Dilua em 10% de Aguarrás o Suvinil Cor e Proteção - Fundo e aguarde a secagem por 8 horas.
- Dilua em 10% de Aguarrás o Esmalte Suvinil Cor e Proteção, aplique duas ou três demãos com intervalo de 8 horas entre elas.

Descubra todas as cores e produtos disponíveis para você dar asas à imaginação. Use o Simulador de Decoração para interagir com todas as cores Suvinil e testar inúmeras paletas de combinação, além de simular diversos objetos de decoração.



Voltar

+ Inspirações

inspire-se-nav-leftinspire-se-nav-right

 

Salvar em Minha Página

Projeto:

Descricão:

x

Para Salvar em Minha Página, precisa estar logado

Já é cadastrado?

Esqueci Minha Senha e/ou E-mail. Recuperar

Ou Cadastre-se agora. É rápido e gratuito!

Data de
nascimento: